Eu não acho que a gente tem que ser unidade.

(Hoje o post vai em português porque eu to bem indignada pra pensar em inglês agora. Talvez eu traduza depois. Enfim)

E ai gentes, como vocês tão? Espero que esteja tudo bem em qualquer lugar que vocês estiverem!

Então, hoje eu falei lá no serviço que tava em dúvida sobre um certo ocorrido em relação ao meu futuro acadêmico. Que eu queria ser professora, mas que não sabia se devia entrar logo na faculdade particular ou esperar um ano pra entrar na pública. Daí me falaram assim: “Bella, mas se tu quer viajar muito, tu não pode ser professora. Tu vai ganhar pouco e trabalhar muito.” Mas esperai, quem disse que a gente tem que ser uma coisa só? A gente não deve ser unidade, a gente deve ser multiplicidade. A gente tem que saber se virar com o que der e vier, saber que se o clima ta ruim, alguma coisa de boa a gente vai tirar daí alguma hora (isso sem levar em conta o que eu já falei aqui, que nem sempre as viagens precisam ser absurdas de caras). Então tá, tudo bem, talvez (com certeza) meu salário não vá ser o mais alto do mundo, mas isso não significa que eu não vá trabalhar com outras coisas, que eu não vá me esforçar pra conseguir continuar fazendo minhas viagens.
Enfim, isso foi basicamente um desabafo. Que eu espero traduzir alguma hora.

E isso é tudo por hoje, pessoal.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s